Adicção, A.A., N.A., Doze Passos, Reflexões, Literatura, Clínica, Comunidade, Espiritualidade

LITERATURA DE ALCOÓLICOS E NARCÓTICOS ANÔNIMOS, OS DOZE PASSOS, REFLEXÕES, CLÍNICAS, COMUNIDADES, ESPIRITUALIDADE. ESPERO COM ESSAS MATÉRIAS, ESTAR COLABORANDO COM ALGUÉM, EM ALGUM LUGAR, EM ALGUM MOMENTO DE SUA VIDA !

domingo, 4 de novembro de 2007

Resumo das passagens de Jesus

RESUMO DAS PASSAGENS DE JESUS

Estando Isabel no sexto mês, foi enviado por Deus o anjo Gabriel a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um varão que se chamava José, da casa de Davi, e o nome da virgem era Maria. (Lc. 01. 26-27)

O Nascimento de Jesus.

E deu a seu filho primogênito, e o enfaixou e o reclinou em uma manjedoura: porque não havia lugar peles na estalagem (Lc. 2,7).

A Adoração dos Pastores.

E aconteceu que depois que os anjos se retiraram deles para o céu: falavam entre si os pastores, dizendo: passemos até Belém, e vejamos que é isto que sucedeu, que é o que o Senhor nos mostrou. E foram com grande pressa: e acharam a Maria, e a José, e ao menino posto em uma manjedoura. (Lc. 2, 15-16)

Os Magos

Tendo pois nascido Jesus em Belém de Judá, em tempo do Rei Herodes, eis que vieram do oriente uns magos a Jerusalém, dizendo: onde está o Rei dos judeus, que é nascido? Porque nós vimos no oriente a sua estrela: e viemos a adorá-lo... e logo a estrela, que tinham visto no oriente, lhes apareceu, indo adiante deles, até que, chegando, Pedro sobre onde estava o menino. (Mateus 2, 01-2, 9)

A Adoração dos magos

Entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe, e prostrando-se, o adoraram: e abrindo os seus cofres, lhe fizeram suas ofertas de ouro, incenso, e mirra. E havida resposta em sonhos, que não tornassem a Herodes, voltaram por outro caminho para sua terra. (Mateus 2, 11-12)

Morte dos Inocentes

Partidos que eles foram, eis que apareceu um anjo do Senhor em sonho a José e lhe disse: levanta-te, e toma o menino, e sua mãe, e foge para o Egito...
José, levantando-se, tomou de noite o menino, e sua mãe e retirou-se para o Egito... Herodes então, vendo que tinha sido iludido dos magos, ficou muito irado por isso, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todo o seu termo que tivessem dois anos, e daí para baixo. (Mateus 2,9,11-14,16)

A Sagrada Família

O levaram a Jerusalém, para o apresentarem ao Senhor... e depois que eles deram fim a tudo, segundo o que mandava a lei do Senhor, voltaram à Galiléia para a sua cidade de Nazaré. Entretanto o menino crescia, e se fortificava, estando cheio de sabedoria: e a Graça de Deus era com ele. (Lucas 2,22,39-40)

Jesus Entre os Doutores

E quando teve doze anos, subindo eles a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa, e acabados os dias que ela durava, quando votaram para casa, ficou o menino Jesus em Jerusalém, sem que seus pais o advertissem. E crendo que ele viria com os da comitiva, andaram caminho de um dia, e o buscavam entre os parentes, e conhecidos. E como não o achassem, voltaram a Jerusalém em busca dele. E aconteceu que três dias depois o acharam no templo, assentado nomeio dos doutores, ouvindo-os, e fazendo-lhes perguntas (Lc 2, 42-46).


São João Batista.

Naqueles dias pois veio João Batista pregando no deserto da Judéia, e dizendo: fazei penitência: porque está próximo o Reino dos céus... então vinha a ele Jerusalém, e toda a Judéia, e toda a terra da comarca de Jordão. e confessando os seus pecados, eram por ele batizado no Jordão. (Mateus 3, um-2, 5-6)

O Batismo de Cristo.

Então veio Jesus da Galiléia ao Jordão Ter com João, para ser batizado por ele... e depois que Jesus foi batizado, saiu logo para fora da água: e eis que se lhe abriram os céus: e viu o Espírito Santo de Deus, que descia como pomba, e que vinha sobre Ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o Meu filho amado, no qual tenho posto toda a minha complacência. (Mateus 3,13, 16-17).

São Pedro , Santo André.

E, deixada a cidade de Nazaré, veio habitar em Cafarnaum cidade marítima nos confins de Zabulon, e Neftalim... E caminhando Jesus ao longo domar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, que se chama Pedro, e seu irmão André, que lançavam a rede ao mar (porque eram pescadores). E disse-lhes: vinde após Mim, e farei que vós sejais pescadores de homens. E eles sem mais delonga, deixadas as redes, o seguiram. E passando dali, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João seu irmão, em uma barca com seu pai Zebedeu, que consertavam as suas redes: e os chamou. E eles no mesmo ponto, deixando as redes, e o pai, seguiram-No. (Mateus 4,13, 18-22)

São Filipe, São Bartolomeu (Natanael)

No dia seguinte quis Jesus ir a Galiléia e achou lá a Felipe. Disse-lhe então: segue-me... encontrou Felipe a Natanael e disse-lhe: Saberás que achamos aquele de quem falou Moisés na lei, e de quem escreveram os profetas, a saber, Jesus de Nazaré, filho de José. E Natanael lhe disse: de Nazaré pode sair coisa que boa seja? Disse-lhe Filipe: vem, e vê... Natanael lhe respondeu, e disse: mestre, tu és o filho de Deus, tu és o Rei de Israel. (João 01,43,45-46,49)

As Bodas de Caná.

E dali a três dias se celebraram umas bodas em Caná de Galiléia: e achava-se lá a mãe de Jesus. E faltando o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: eles não tem vinho. Disse-lhes Jesus: enchei de água essas talhas. E encheram-nas até acima. Então lhes disse Jesus: tira. E agora levai ao arquitriclino. E eles lhe levaram... chamou ao noivo o tal arquitriclino, e disse-lhe: todo o homem põe primeiro o bom vinho, e quando os convidados têm bebido bem, então lhes apresenta o inferior. Tu ao contrário tiveste o bom vinho guardado até agora. (João 2,01-03,7-11)

Jesus e Nicodemus.

Nicodemus, um dos chefes dos judeus... veio buscar a Jesus, e disse-Lhe: Rabi, sabemos que és Mestre, vindo da parte de Deus, porque ninguém pode fazer estes milagres, que Tu fazes, se Deus não estiver com ele. (João 3,01-02)

Jesus e a samaritana.

“Veio uma mulher de Samaria a tirar água... Jesus lhe disse: todo aquele que bebe desta água tornará a Ter sede, mas o que beber da água que eu lhe der, nunca jamais terá sede. Mas a água que Eu lhe der virá a ser nele uma fonte de água, que salte para a vida eterna.” (João 4,5-7,13-14)

A Cura do Paralítico.

Pois para que saibas que o filho do Homem tem sobre a Terra poder de perdoar pecados (disse ao paralítico): a ti te digo, levanta-te, toma a teu leito e vai-te para tua casa. E levantando-se logo à vista deles, tomou o leito em que jazia e foi para casa, engrandecendo a Deus. (Lucas 5, 24-25)

Os Apóstolos / O Sermão da Montanha.

- Depois, tendo subido a um monte, chamou Jesus para Si os que quis, e vieram a Ele. E escolheu doze para que andassem com Ele e para os enviar a pregar. E lhes deu o poder de curar enfermidades e de expelir demônios (Marcos 3, 13-15)

- Descendo depois com eles, parou numa planície, acompanhado da comitiva de Seus discípulos e de grande multidão de povo... que tinham concorrido a ouví-Lo e para que os sarasse das suas enfermidades. E os que eram vexados dos espíritos imundos, ficavam sãos. E todo o povo fazia diligência por tocá-Lo; pois saía Dele uma virtude, que os curava a todos (Lucas 6, 17-19)


O Guia Cego / Salomé / A Multiplicação dos Pães.

- E pôs-lhe também esta comparação: pode acaso um cego guiar outro cego? Não é assim que um e outro cairão no barranco? Não é o discípulo sobre o mestre; mas todo o discípulo será perfeito, se o for como seu mestre. (Lucas 6, 39-40)
- Mas no dia em que Herodes fazia anos, bailou a filha Herodíades diante de todos e agradou a Herodes. Por onde ele lhe prometeu com juramento, que lhe daria tudo o que lhe pedisse. Mas ela, prevenida por sua mãe: dá-me, disse, aqui em um prato a cabeça de João Batista. E o Rei se entristeceu; mas pelo juramento e pelos que estavam com ele à mesa, lha mandou dar. (Mateus 14, 6-9)
- Tendo mandado à gente que se recostasse... tomando-os cinco pães e os dois peixinhos, com os olhos no céu abençoou e partiu os pães, e os deu aos discípulos, e os discípulos ao povo. E comeram todos, e se saciaram, e levantaram, do que sobejou, doze cestos cheios daqueles fragmentos. E o número dos que comeram foi de cinco mil homens, sem falar mulheres e meninos (Mateus 13. 19-21)


O Trigo e do Joio.

O Reino dos céus é semelhante a um homem, que semeou boa semente no seu campo. E enquanto dormiam os homens, veio o seu inimigo, e semeou depois joio no meio do trigo, e foi-se. E tendo crescido a erva e dado fruto, apareceu também então, o joio...e os servos lhe tornaram: queres tu que nós vamos e arranquemos? E respondeu-lhes: não... no tempo da ceifa, direi aos segadores: colhei primeiramente o joio, e atai-o em molhos para queimar, mas o trigo recolhei-o no seu celeiro. (Mateus 13.24-26,28-30)

A Palha e a Trava.

Não queiras julgar, para que não sejais julgados. Hipocrisia, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás como hás de tirar a aresta do olho de teu irmão. (Mateus 7. 01, 05)

A Pérola de Grande Preço.

Assim mesmo é semelhante o Reino dos Céus a um homem negociante, que busca boas pérolas. E tendo achado de grande preço, vai vender tudo o que tem, e a compra. (Mateus 13.45-46)

Cristo e o Centurião.

Tendo porém entrado em Cafarnaum, chegou-se a Ele um centurião, fazendo-Lhe esta súplica, e dizendo: o meu criado jaz em casa doente de uma paralisia, e padece muito com ela. Respondeu-Lhe, então Jesus: Eu irei, e o curarei. E respondendo o centurião, disse: Senhor, eu não sou digno de que entreis na minha morada; porém mandai-me só com a Tua palavra, e o meu criado será salvo. (Mateus 8. 5-8)

Ressurreição do Filho da Viúva de Naim.

E quando chegou perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto a sepultar, filho único de sua mãe, que já era viúva; e vinha com ela muita gente da cidade. Tendo-a visto o Senhor, movido de compaixão para com ela, disse-lhe: não chores. E chegou-Se, e tocou no esquife... então disse Ele: moço, Eu te mando, levanta-te. E se sentou o que havia estado morto, e começou a falar. E Jesus o entregou a sua mãe. (Lucas 7.11-15)

A Ceia em Casa do Fariseu.

E havendo entrada em casa do fariseu Se assentou à mesa, e no mesmo tempo uma mulher pecadora... levou uma redoma de alabastro cheia de bálsamo... e... começou a regar-Lhe com lágrimas os pés, e os ungia com o bálsamo... e voltando para a mulher (Jesus) disse a Simão: vês essa mulher? Entrei em tua casa, não me deste água para os pés; mas esta, com suas lágrimas regou Meus pés, e os enxugou com os seus cabelos. Pelo que te digo: que perdoados são seus muitos pecados, porque amou muito. (Lucas 7.26-38,44,47-48)

A Transfiguração.

E seis dias depois toma Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os leva à parte a um alto monte. E transfigurou-se diante deles. E o Seu rosto ficou refulgente como o sol: e as Suas vestiduras se fizeram brancas como a neve. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com Ele... eis que uma lúcida nuvem os cobriu. E eis que saiu uma voz da nuvem que dizia: Este é aquele Meu querido filho, em quem Tenho posto toda a Minha complacência. Ouvi-O. (Mateus 17. 01-05)
São Pedro.

Jesus... disse... tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. E Eu te darei as chaves do Reino dos Céus. E tudo o que ligares sobre a terra, será ligado também nos Céus: e tudo o que desatares sobre a Terra, será desatado também nos Céus. (Mateus 16, 17-19)

O Tributo do Templo.

Tendo vindo para Cafarnaum, chegaram-se a Pedro os que cobravam o tributo... disse-lhe Jesus... para que os não escandalizemos, vai ao mar, e lança o anzol; e o primeiro peixe que subir, toma-o; e abrindo-lhe a boca, acharás dentro um estáter. Tira-o, e dá-lho por Mim e por ti. (Mateus 17. 23-26)

O Bom Samaritano.

Um homem baixava de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos dos ladrões, que logo o despojaram do que levava; e depois de o terem maltratado com muitas feridas, se retiraram deixando-o meio morto. Aconteceu pois que passava... um sacerdote: e quando o viu passou largo. E assim mesmo um levita... vendo-o, passou também de largo. Mas um samaritano... quando o viu, se moveu à compaixão. E chegando-se lhe atou as feridas, lançando nelas azeite e vinho, e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, o levou a uma estalagem, e teve cuidado dele... qual destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões? (Lucas 10. 30-36)

O Filho Pródigo.

Um homem teve dois filhos. E disse o mais moço...: pai, dá-me a parte da fazenda que me toca. E partiu o filho mais moço para uma terra muito distante... E lá dissipou toda a sua fazenda vivendo dissolutamente. E depois de Ter consumido tudo, sucedeu haver naquele país uma grande fome, e ele começou a necessitar. Retirou-se pois dali, e acomodou-se com um dos cidadãos da tal terra. Este porém o mandou para um casal seu a guardar os porcos... até que tendo entrado em si... foi buscar a seu pai... e o filho lhe disse: pai, pequei contra o céu, e diante de ti. Já não sou digno de ser chamado teu filho. Então disse o pai aos seus servos: tirai depressa o seu primeiro vestido, e vesti-lho, e metei-lhe um anel no dedo, e os sapatos nos pés! Trazei também um vitelo bem gordo, matai-o, para comermos e relegarmos! Porque este meu filho era morto, e reviveu (Lucas 15. 11-24)

A Mulher Apanhada em Adultério.

Então lhe trouxeram os escribas e os fariseus uma mulher que fôra apanhada em adultério e a puseram no meio. E Lhe disseram: Mestre, esta mulher foi agora mesmo apanhada em adultério. E Moisés na lei mandou-nos apedrejar a estas tais. Que dizes Tu logo? ...Jesus disse-lhes: o que de vós outros está sem pecado, seja o primeiro que a apedreje... então ergueu-se Jesus, e disse-lhe: mulher, onde estão os que te acusavam? Ninguém te condenou? Respondeu ela: ninguém, Senhor. Então disse Jesus: nem Eu tampouco te condenarei. Vai e não peques mais. (João 8. 3-11)

Cura do Cego de Nascença.

E passando Jesus, viu a um homem que era cego de nascença... Jesus... cuspiu no chão, e fez lodo do cuspo, e untou com o lodo os olhos do cego, e disse-lhe; vai-te na piscina de Siloé... foi ele pois e lavou-se, e veio com vista (João 9. 01-07)

Cristo Com Maria e Marta.

Maria aos pés do Senhor ouvia a Sua palavra... Marta porém andava toda afadigada na continua lida da casa, a qual se apresentou diante de Jesus, e disse: Senhor, a Ti não se Te dá que minha irmã me deixasse andar servindo só? Dize-lhe pois que me ajude. E respondendo o Senhor, lhe disse: Marta, Marta, tu andas muito inquieta, e te embaraças com o cuidar em muitas coisas. Entretanto só uma coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que lhe não será tirada.(Lucas 10. 38-42)

A Ressurreição de Lázaro.

Disse então Marta a Jesus: Senhor, se Tu houveras estado aqui, não morrerá meu irmão... respondeu-lhe Jesus: teu irmão há de ressurgir... Eu Sou a ressurreição e a vida. O que crê em mim não morrerá eternamente. Crês isto? Ela Lhe disse: sim, Senhor, eu já estou na crença de que Tu És o Cristo, filho de Deus Vivo, que Vieste a este mundo... tendo dito estas palavras, bradou em alta voz: Lázaro, sai para fora. E no mesmo instante saiu o que estivera morto... (João 11.21-27,43-44)

Jesus e as Criancinhas.

Então Lhe apresentavam uns meninos para que os tocasse. Mas os discípulos ameaçavam aos que lhos apresentavam. O que vendo Jesus, levou-o muito a mal e disse-lhes: deixai vir a Mim os pequeninos, e não os embaraceis: porque dos tais é o Reino de Deus. (Mateus 10.13-14)

A Entrada de Jesus em Jerusalém.

E no dia seguinte uma grande multidão de povo, que tinha vindo à festa, ouvindo dizer que Jesus vinha a Jerusalém: tomaram ramos de palmas, e saíram a recebê-Lo, e clamavam: Hosana, bendito seja o Rei de Israel, que vem em nome do Senhor! E achou Jesus um jumentinho, e montou em cima dele, segundo o que está escrito: Não temas, filha de Sião. Eis aqui o Teu Rei, que vem montado sobre o asninho, filho da jumenta. (João 12.15)

A Expulsão dos Vendilhões do Templo.

Chegaram pois a Jerusalém. E havendo entrado no templo, começou a lançar fora os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos banqueiros, e as cadeiras dos que vendiam pombas. E não consentia que qualquer transportasse móvel algum pelo templo. E Ele os ensinava, dizendo-lhes: porventura não está escrito: que a Minha casa será chamada casa de oração entre todas as gentes? E vós tendes feito dela um covil de ladrões. (Marcos 11. 15-17)

Então retirando-se os fariseus, consultaram entre si como O surpreenderiam no que falasse... Dizei-nos pois qual é o Teu sentimento: é lícito dar o tributo a César, ou não? Porém Jesus conhecendo sua malícia, disse-lhes: por que Me tentais, hipócritas? Mostrai-Me cá a moeda do censo. E eles Lhe apresentaram um dinheiro. E Jesus lhes disse: de quem é esta imagem? E inscrição? Responderam-Lhe eles: de César. Então lhes disse Jesus: pois daí a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. (Mateus 22, 15, 17-21)

A Última Ceia.

E chegada que foi a hora, pôs-se Jesus à mesa, e com Ele os doze apóstolos... Também depois de tomar o pão deu graças, e partiu-o, e deu-lho, dizendo: este é o Meu corpo, que se dá por vós: fazei isto em memória de Mim. Tomou também da mesma sorte o cálice, depois de cear, dizendo: este cálice é o novo testamento e em que Meu sangue, será derramado por vós. (Lucas 22. 14, 19-20)

A Agonia no Horto.

E tendo saído, foi dali, como costumava, para o Monte das Oliveiras. E Seus discípulos O seguiram também.
E quando chegou àquele lugar, lhes disse: orai e vigiai para que não entreis em tentação. E Jesus se arrancou deles. E posto de joelhos, orava, dizendo: Pai, se é do Teu agrado, transfere de Mim este cálice! Não se faça contudo Minha vontade, senão a Tua. Então Lhe apareceu um anjo do céu, que O confortava. (Lucas 22. 39-43)

A Traição de Judas.

Estando Ele ainda falando, eis que chega Judas, um dos doze, e com Ele uma grande multidão de gente com espadas, e varapaus, que eram os ministros enviados pelos príncipes dos sacerdotes, e pelos anciãos do povo. Ora o traidor tinha-lhes dado este sinal, dizendo: aquele a quem eu der um beijo, esse é que é. Prendei-o. E chegando-se logo a Jesus Lhe disse: Deus Te salve, Mestre. E deu-Lhe um beijo. E Jesus lhe disse: amigo, a que vieste? Ao mesmo tempo se chegaram os outros a Ele, e lançaram mão de Jesus, e O prenderam. (Mateus 26. 47-50)

A Negação de Pedro.

Prendendo logo a Jesus, O levaram à casa do sumo pontífice: e Pedro O ia seguindo de longe. E tendo-se acendido fogo no meio do pátio, e sentando-se todos em roda, estava Pedro nomeio deles. Então uma escrava, que o viu sentado ao lume, depois de encarar bem nele, disse: este também era da companhia daquele homem. Mas Pedro O negou, dizendo: mulher, eu não conheço Ele. E daí a pouco vendo-o outro, disse-lhe: tu também é dos tais. Ao que Pedro disse: homem, não o sou. E tendo-se passado o intervalo quase de uma hora, afirmava outro o mesmo, dizendo: certamente que este também estava com Ele: pois que também é galileu. E Pedro lhe respondeu: homem, eu não sei que é o que tu dizes. E no mesmo ponto, quando ele ainda falava cantou o galo. E voltando-se o Senhor pôs olhos em Pedro. E Pedro se lembrou da palavra do Senhor... e tendo saído fora, chorou Pedro amargamente. (Lucas 22. 54-62)



Jesus Condenado à Morte.

Disse-lhes Pilatos: pois que hei de fazer de Jesus, que se chama o Cristo? Responderam todos: seja crucificado.
O governado lhes disse: pois que mal tem Ele feito? E eles levantaram mais o grito dizendo: seja crucificado. Então Pilatos vendo que nada aproveitava, mas que cada vez era maior o tumulto: mandando vir água, lavou as mãos à vista do povo, dizendo: eu sou inocente do sangue deste justo. Vós lá vos avinde. Então lhes soltou a Barrabás. E depois de fazer açoitar a Jesus entregou-lho para ser crucificado. (Mateus 27. 22-24,26)

Cristo Doloroso e Escarnecido.

Então os soldados do governador, tomando a Jesus para O levarem ao pretório, fizeram formar à roda Dele toda a côrte: e despindo-o, lhe vestiram um manto carmesim. E tecendo uma coroa de espinhos, lhe puseram sobre a cabeça, e na sua mão direita uma cana. E ajoelhando diante Dele, o escarneciam, dizendo: Deus Te salve, Rei dos judeus. E cuspindo Nele, tomaram uma cana, e lhe davam com ela na cabeça (Mateus 27. 27-31)

A Crucificação.

E depois chegaram ao lugar que se chama Calvário: ali O crucificaram a Ele, e aos ladrões, um a direita e outro a esquerda. E Jesus dizia: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. Dividindo porém os Seus vestidos, sortearam-nos... e estava também sobre Ele um título... o qual dizia: Este é o Rei dos judeus... era então quase a hora nona. Escureceu-se também o sol: e rasgou-se pelo meio o véu do templo. E Jesus dando um grande brado, disse: Pai, nas Tuas mãos encomendo o meu espírito. E dizendo estas palavras, expirou. (Lucas 23. 33-46)



A Brutalidade Cruel da Crucificação. (um linchamento)

Aos 33 anos Jesus foi condenado a morte...A "pior" morte da época.Somente os piores criminosos da época morreram como Jesus morreu.E com Jesus ainda foi pior porque nem todos os criminosos naquela punição receberam cravos nos membros...Sim... Foram cravos e não pregos....Cada um deveria ter cerca de 15 a 20 cm, com uma ponta com 6 cm de diâmetro, e a outra ponta pontiaguda.Eles eram enfiados nos pulsos e não nas mãos como é dito.No pulso, há um tendão que vai até o nosso ombro...Quando os cravos foram enfiados, esse tendão se rompeu sendo que Jesus era obrigado a forçar todos os músculos de suas costas para não ter os seus pulsos rasgados.Sendo assim, não podia forçar tanto tempo porque perdia todo o ar de seus pulmões.Desta forma, era obrigado a se apoiar no cravo enfiado em seus pés, que por sua vez era muito maior que os das mãos porque eram pregados os dois pés juntos.Já que seus pés não agüentariam por muito tempo, senão rasgariam também, Jesus era obrigado a alternar este "ciclo" simplesmente para conseguir respirar.Jesus agüentou esta situação por um pouco mais de 3 horas.Sim, mais de 3 horas...Muita coisa não???Alguns minutos antes de morrer Jesus não sangrava mais.Simplesmente saia água de seus cortes e machucados.Quando imaginamos machucados, imaginamos simples feridas, mas não, os dele eram verdadeiros buracos, buracos feitos em seu corpo...Ele não tinha mais sangue para sangrar.Portanto, saía água.Um corpo humano é composto de aproximadamente 8 litros de sangue (um adulto).Jesus derramou 8 litros de sangue, teve três cravos enormes enfiados nos membros, uma coroa de espinhos enfiados na cabeça e teve um soldado romano que enfiou uma lança em seu tórax, sem falar de toda a humilhação que passou, após ter carregado a sua própria cruz por cercade dois quilômetros, com pessoas cuspindo em seu rosto e atirando pedras em seu corpo (a cruz pesava cerca de 30 quilos...só a parte em que lhe foram pregadas as mãos).Isso tudo para que você tivesse um livre acesso a Deus...para que você tivesse todos o seus pecados" lavados"...Todos eles, sem exceção!Não ignore essa situação...ELE MORREU POR VOCÊ...Você mesmo, que está lendo este trabalho.
Deposição de Cristo no Túmulo.

Tomaram pois o corpo de Jesus, e o levaram envolto em lençóis depois de embalsamado com aromas de maneira que os judeus têm por costume sepultar os mortos. No lugar porém em que Jesus fôra crucificado havia um horto: e neste horto um sepulcro novo, em que ninguém ainda tinha sido depositado. Portanto em razão de ser o dia da preparação dos judeus; visto que este sepulcro estava perto, depositaram nele a Jesus. (João 19. 40-42)

As Santas Mulheres Foram ao Sepulcro.

Mas no primeiro dia da semana vieram muito cedo ao sepulcro, trazendo os aromas que haviam preparado. E acharam que a pedra estava revolvida do sepulcro. Entrando depois dentro, não acharam o corpo do Senhor Jesus. E aconteceu que estando por isso consternadas, eis que apareceram junto delas dois homens vestidos de brilhantes roupas. E como estivessem medrosas, e com os olhos no chão, disseram para elas: por que buscais entre os mortos ao que vive? Ele não está aqui, mas ressuscitou; lembrai-vos do que Ele vos declarou, quando ainda estava em Galiléia. (Lucas 24. 01-06)

Pedro e João Foram ao Sepulcro.

No primeiro dia porém da semana veio Maria Madalena ao sepulcro de manhã, fazendo ainda escuro: e viu que a tampa estava tirada do sepulcro. Correu pois, e foi Ter com Simão Pedro: levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram. Saiu então Pedro, e aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro. Ora eles corriam ambos juntos. (João 20. 01-04)

Ceia de Cristo em Emaús.

E eis que no mesmo dia caminhavam dois deles para uma aldeia, chamada Emaús... e sucedeu que quando eles iam conversando, e conferindo entre si, chegou-se também o mesmo Jesus, e ia com eles. Mas os olhos dos dois estavam como fechados, para onde caminhavam... Ele entrou com os dois. Mas o caso foi que, estando sentado com eles à mesa, tomou o pão, e o abençoou, e tendo-o partido lho dava. No mesmo tempo se lhes abriam os olhos, e O conheceram: mas Ele desapareceu-lhes de diante dos olhos. (Lucas 24. 13-16, 28-31)

A Pesca Milagrosa.

Mas chegada a manhã, veio Jesus pôr-Se na ribeira; sem que ainda assim conhecessem os discípulos que era Jesus: moços, tendes alguma coisa de comer? Responderam-Lhe, eles: nada. Disse-lhes Jesus: lançai a rede para a parte direita da embarcação, e achareis. Lançaram eles pois a rede; mas já a não podiam trazer acima que tão grande era a carga dos peixes. (João 21. 2-6)

A incredulidade de Tomé.

Tomé... não estava com eles quando veio Jesus... mas Ele lhes disse: Eu se não vir nas Suas mãos a abertura dos cravos, e se não meter o meu dedo no lugar dos cravos, e se não meter a minha mão no seu lado, não hei de crer. E oito dias depois... veio Jesus... e disse a Tomé: mete aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos, chega também tua mão, a mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas fiel. Respondeu Tomé, e disse: Senhor meu, e Deus meu. (João 20. 24-28)

Os Evangelistas.

Partiram pois os onze discípulos para Galiléia, para cima de um monte, onde Jesus lhes havia ordenado que se achassem... e chegando Jesus lhes falou, dizendo: tem-se-Me dado todo o poder do céu e na Terra. Ide pois ensinai todas as gentes: batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Ensinando-as a observar todas as coisas que vos tenho mandado, e estais certos de que Eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos (Mateus 28. 16, 18-20)
E na realidade o Senhor Jesus, depois de assim lhes haver falado, foi assunto ao céu, onde está assentado à mão direita de Deus. E eles tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a sua pregação com os milagres que a acompanhavam. (Marcos 16. 19-20)

A Conversão de Saulo.

Saulo, pois, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, se apresentou ao príncipe dos sacerdotes. E lhe pediu cartas para as sinagogas de Damasco, com o fim de levar presos a Jerusalém quantos achasse desta profissão, homens e mulheres. E indo ele seu caminho, foi coisa fatível que se avizinhasse a Damasco: e subitamente o cercou ali uma luz vinda do céu. E caindo em terra ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que Me persegues? Ele disse: Quem és Tu Senhor? E Ele respondeu: Eu Sou Jesus, a Quem tu persegues! (Atos 9. 01-05)

São Paulo em Éfeso.

E Deus fazia milagres, não quaisquer, por mão de Paulo... e este se fez notório a todos os judeus e gentios que habitavam em Éfeso, e caiu sobre todos eles grande temor, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido. E muitos dos que haviam crido vinham confessando e denunciando as suas obras. Muitos também daqueles que tinham seguido as artes vãs, trouxeram juntos os seus livros e os queimaram diante de todos. (Atos 19. 17-19)

Nenhum comentário: