ESPIRITUALIDADE, DOZE PASSOS, REFLEXÕES DIÁRIAS, TEMAS SÔBRE DEPENDÊNCIA QUÍMICA

espiritualidade, dependência química, Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Alateen, Alanon, saúde física e mental, lazer, curiosidades, doze passos, passagens da bíblia, notícias, clínicas de recuperação. Espero com essas matérias, estar colaborando com alguém, em algum lugar, em algum momento de sua vida.

domingo, 4 de novembro de 2007

Provérbios (1. vs 22-31)

PROVÉRBIOS (1. 22;31)
Discernimento:

“Até quando, ó ingênuos, vocês vão amar a ingenuidade? E vocês, zombadores, até quando se empenharão na zombaria? E vocês, insensatos, até quando odiarão o conhecimento?; pois bem! Vocês comerão o fruto do seu comportamento e ficarão fartos de seus próprios conselhos.”
Decisões Acertadas

As vezes, você tem maus momentos e acha que isso ocorreu espontaneamente. De certa forma podemos dizer que sim, mas por uma justa razão e ninguém melhor que você para reconhecê-la, uma vez que a causa vem de você mesmo.
Caso a manifestação se torne permanente e você se ache impotente na investigação para desvendar a causa, mesmo fazendo muitos exames de consciência, não encontrando nada digno de observar, convém continuar, talvez alguma coisa não valorizada esteja passando despercebido, pois é preciso muito trabalho para localizar o problema. Assim faz um médico em busca de um diagnóstico preciso. Para que se dê a cura do enfêrmo, vai ouvindo-o insistentemente até localizar o motivo da doença.
Para quem tem pouco ou nenhum princípio de moralidade, fica mais difícil ainda se orientar, pois seu julgamento pode ser errôneo a partir da vida que leva. Como exemplo: um segurança de uma firma duvidosa que acha seu trabalho digno. Perante a lei sim, quanto a moral não, uma vez que está colaborando na eficiência de uma casa suspeita.
São detalhes que têm de ser analisados e o dia em que tudo voltar ao normal é porque alguma alteração em seu comportamento, tomou decisões acertadas, emitiu julgamentos corretos, conheceu bem a causa dos acontecimentos, ficou apto a não cair em reincidência de maus procedimentos.
Ao confiar a Terra ao homem, Deus dotou-lhe de vários sentidos e todos precisam ser exercitados integralmente de acordo com as necessidades, para se ter um consenso justo ou de justiça, que é o equilíbrio entre desejos e recusas a caminho da virtude, como um carro onde se tem que dosar a velocidade nas curvas, de acordo com o terreno. Se acelerar em demasia, capota antes de brecar pela deficiência do solo.

Nenhum comentário: