Adicção, A.A., N.A., Doze Passos, Reflexões, Literatura, Clínica, Comunidade, Espiritualidade

LITERATURA DE ALCOÓLICOS E NARCÓTICOS ANÔNIMOS, OS DOZE PASSOS, REFLEXÕES, CLÍNICAS, COMUNIDADES, ESPIRITUALIDADE. ESPERO COM ESSAS MATÉRIAS, ESTAR COLABORANDO COM ALGUÉM, EM ALGUM LUGAR, EM ALGUM MOMENTO DE SUA VIDA !

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

A Falácia da Velhice

A FALÁCIA DA VELHICE.

· A idade não é fuga dos anos; é a autora da sabedoria.

· Muitas pessoas têm medo do que chamam de velhice porque a associam com o fim da vida, com a extinção. Na verdade, têm medo da vida e não se dão conta de que ela é eterna. A vida não teve começo e não terá fim.

· A velhice não é um acontecimento trágico. O que chamamos de processo de envelhecimento é um processo de mudança. Ele deve ser recebido com alegria e satisfação, porque cada fase da vida humana é um passo no caminho da elevação espiritual, na direção de Deus.

· O que chamamos de morte nada mais é que uma viagem para uma das muitas moradas do nosso Pai. Nossa jornada é sempre para frente, para cima, para Deus. Progredimos de sabedoria em sabedoria, de força em força, de glória em glória. A infinidade não tem inicio nem fim, e nós somos infinitos.

· O espírito nunca envelhece. Quem procura pensar no que é belo, verdadeiro, justo, puro, honesto e bom, permanecerá sempre jovem em espírito, porque o amor, a paz, a alegria, a compaixão nunca envelhecem. A alegria do Senhor é sua força.

· Se seus pensamentos estão voltados para o que é sábio, nobre e bom, você se manterá jovem apesar da passagem dos anos cronológicos. Pensando em qualidades similares às de Deus, você notará que até sua respiração irá melhorar. Cada célula de seu corpo irradiará saúde. É inútil comer legumes, verduras e cereais na ilusão de que uma dieta poderá fazer o tempo retroceder. Você tem de comer o pão da vida, da paz, da harmonia, da alegria, do amor, da boa vontade e da inspiração.

· Preste atenção para não deixar sua mente se aposentar. Esteja sempre aberto e receptivo para novas idéias.

Nenhum comentário: